Páginas

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Eu vou amar você


Enquento dormes
observo teu sono tranquilo
tua respiração bonita
os traços firmes do teu rosto.
Carinho-te o cabelo.
Beijo-te a testa.
Aumenta meu querer por ti
a cada suspiro mais forte
a cada mexer do teu corpo
com o rebuliço do sonho.
Sim. Além de tudo meu amor é grande.
E direi a ti, por todo o sempre
que minha vida desabrochou 
em mil flores belas 
quando teu olhar
adentrou em mim.

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Pontas-de-pés.




Nosso amor à princípio como campo minado
fazia-me andar em pontas-de-pés.
Você, mais ousado,
andava como que fosse em tapete macio.
Tua coragem me impressionava e
minha reserva te intrigava...
Mesmo assim, encantava-te com minha maneira de mexer
com teus pensamentos, sentimentos e desejos
Sobretudo com a forma que lidava com meu gostar por ti:
Sensata, tranquila...
Máscara diária.
Por dentro ardia um desejo incalculável
de te ter o tempo todo.