Páginas

quarta-feira, 30 de maio de 2012

Nada seria igual


Hoje nossas vozes se juntaram numa última fala
Hoje nossos olhos se tiveram pela última vez
Hoje nossos corações bateram juntos por fim
Nossas almas deram-se adeus, como nossos corpos, como nossa boca...

Por último tudo, hoje
Porque tudo se foi
Tudo caiu
Tudo foi embora

Nossos corpos não encostariam um no outro nunca mais.
Meus olhos não leriam mais o que estaria escrito nos teus.
Minha boca não sentiria mais o gosto de tua saliva

Mas todo o meu ser sentiria o que o teu ser sentisse
A mesma dor
A mesma angústia
A mesma vontade compulsiva e atordoante de te ter.

Mas nada seria igual
Nossos corpos seriam mais frios
Nossas vozes falhariam
Nossos olhares não se encontrariam.

3 comentários:

  1. Nunca é muito tempo. Vai que acontecem surpresas...


    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. As despedidas são sempre dolorosas ;/
    saudades daqui, bjs

    ResponderExcluir
  3. Não sei lidar com finais. E ponto final.

    teamo.beijoo'o

    ResponderExcluir