Páginas

domingo, 29 de abril de 2012

Tudo está sob controle, a ordem foi dada...
-Para o canto, sentimento bobo! 
Que é isso? Nâo sabe se comportar não?

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Só e eu.

Por algum motivo a solidão me embala, como a brisa pela madrugada que embala o sono das criaturas.
Ela está por aí...Às vezes mais fortes, às vezes menos, mas está.
Ela causa dor mais intensa no peito, menos sorrisos embora haja artifícios contrários.
Mesmo assim, ela me distrai, me acalma, me faz companhia.
E acho que é por isso que não é de todo má sua existência.
Apesar de tudo desejo que, uma hora, ela me abandone -também-.

sábado, 21 de abril de 2012

Por um instante...

...e eu te quis
   tive.
   Te amei
   só.
   Tu pousaste ao meu lado
   ficaste.
   Ouvi tua voz e
   ela me chamava
   feito
   grito de amante em delírio.
   Repousaste a cabeça
   em meu seio e adormecias.
  Nada era tão belo....