Páginas

sábado, 28 de janeiro de 2012

E tudo nela era bobo...


A menina boba havia se apaixonado mais uma vez...
E tudo nela era bobo: a sensação de borboletas no estômago,  o meio sorriso que aparecia ao lembrar dele,  o acelerar do coração quando ele ligava, e de como os olhos brilhavam quando ele estava ao seu lado.
Esses sintomas a fazia cair na realidade e perceber que não podia continuar com aquilo.
Já havia sofrido algumas muitas vezes e não queria que fosse outra vez da mesma forma, então fazia de tudo pra manter os dois pés fora da relação.
Dentro dela ela guardava muitos escudos que serviam exatamente para isso, para qualquer derrapada que pudesse empurrá-la para dentro de tudo. E ela os usava. Porque ela gostava do amor, mas sabia que  com ele viriam alguns efeitos colaterais. 
Já estava meio que preparada para eles.

2 comentários:

  1. "E ela os usava. Porque ela gostava do amor, mas sabia que com ele viriam alguns efeitos colaterais. "

    Ás vezes acho que eu também tenho os meus escudos e uso muito eles, para com pessoas que não precisam, e já com quem precisa/precisava, eu não uso/usava nada! :/

    bjs

    ResponderExcluir
  2. O Amor traz sempre essa pergunta: Quer pular?

    Beijos.

    ResponderExcluir