Páginas

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Você era meu vício


Você era um vício pra mim.
Todos os dias te necessitava, te pedia e te tinha.
E a droga que era você percorria em mim
e eu ficava extasiada e queria mais.
E depois que era droga, era o remédio contra ela.
E eu te tomava.
e me sentia bem,
e melhorava.
Depois,
Quando já estava curada
Você deixou de  ser a droga,
depois de ser  o remédio
e virou apenas meu placebo.

6 comentários:

  1. Amor e outros vícios...
    Iê, iê...

    Beijoo'os

    ResponderExcluir
  2. Sinais de cura.

    Que beleza!

    Me livre de um vício em forma de gente há poucos meses, foi uma libertação!

    Um beijo, flor.

    ResponderExcluir
  3. De todas as drogas a do amor, do desejo, é a maior - pelo menos eu assim acho :)

    ResponderExcluir