Páginas

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Palavras nuas



Você não vai me entender.
Aliás, ninguém tem me entendido nos últimos...posso dizer...3 anos.
Não, querido, nem faça esforço para isso. Não te quero mais e isso nem tem explicação.
Não me procure mais, não me pegue mais no trabalho, nem me siga na rua.
Como disse Caio " é dentro de ti que eu me afasto". E é mesmo.
Não aguento mais essa tua inquietação perto de mim...
Até parece que já não beijou minha boca, tocou meu corpo, me viu só pra ti...
Mas agora chega!
Esta tua dependência de exageros já me enjoa e quero sair correndo pra vomitar.
Então vá embora e não me pergunte mais por que estou te deixando.
Meu corpo já não quer o teu ao lado.

4 comentários:

  1. E chega uma hora que o nosso faz-de-conta e o dos outros já não é suportável mais. Ou sejamos alegres de verdades e compartilhemos isso ou não enchemos o saco dos outros com mentiras que não fazem bem a ninguém.

    ResponderExcluir
  2. "Esta tua dependência de exageros já me enjoa e quero sair correndo pra vomitar."

    ando com muita náuseas de um certo alguém :x

    ResponderExcluir
  3. Olá ,parabens pelo seus textos sou de uma nova editora,
    a procura de novos talentos.Gostaria de conversar com você sobre seus textos.

    e-mail- editorastalkear@hotmail.com

    Aguardo resposta.

    ResponderExcluir
  4. São sempre tristes os fins, mesmo aqueles pelos quais não derramamos lágrimas.

    =\

    Beijocas, flor.

    ResponderExcluir