Páginas

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

...


Havia feito a maquiagem carregada demais, tinha a necessidade de camuflar as marcas de choro, de desânimo, de uma noite mal dormida.
A maquiagem borrada, a sensação de desconforto, as pernas bambas só a fazia perceber que não havia acabado tudo o que queria que acabasse. Outra coisa não, mas o corte era grande e havia levado muitos pontos, e ela sempre se perguntava se iria cicatrizar e sumir ou iria ficar como lembrança para sempre...
Ela queria mesmo era que antes que tudo começasse, ela tivesse dormido até mais tarde ou perdido a memória momentâneamente, qualquer coisa para não acontecer o que a vida já lhe tinha atribuído...Difícil fuga esta.

Vanessa lima

3 comentários:

  1. Muitas vezes a gente precisa esquecer de algumas coisas pelo menos por um tempo, não é?
    Gostei da postagem.

    http://amar-go.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Ow pequena, a fase da maquiagem borrada também passa!! Adoro tuas palavras, tu sabe, né?**

    Beijoo'o

    ResponderExcluir
  3. Já quis que a vida seguisse rumo diverso, mas isso não adianta: a vida seguiu. O importante é o que se faz com isso.

    Descobri que tudo que dói tem um bem escondido num canto. Às vezes é mínimo, mas tem.

    Beijos grandes.

    ResponderExcluir